CURCUMA / TURMERIC 720MG 100 CAPSULES

R$108,70

Conheça nossas opções de frete

C?rcuma: O Que ?, Benef?cios, Efeitos Colaterais e Como Tomar


A c?rcuma ou a?afr?o ? o tempero que d? ao Curry, famosa especiaria indiana, a cor amarela, o aroma e o sabor caracter?sticos. Ela ? usada na ?ndia e por diversas tribos ind?genas h? milhares de anos como especiaria e tamb?m como erva medicinal. Nos Estados Unidos a c?rcuma ? usada no preparo dos tradicionais molhos de mostarda.

?


?

Pesquisas recentes reafirmaram o que os antigos j? sabiam: a c?rcuma realmente cont?m subst?ncias com propriedades medicinais. S?o compostos chamados curcumin?ides, o mais importante dos quais ? a curcumina.

A curcumina ? o principal ingrediente ativo do a?afr?o. Ela possui efeitos anti-inflamat?rios potentes e ? um antioxidante muito eficiente.


O que ? a c?rcuma?

A c?rcuma?(Curcuma Longa)?? uma planta herb?cea rizomatosa da fam?lia do gengibre, e tanto a sua folhagem quanto a raiz s?o bastante parecidas, diferenciando-se basicamente pela colora??o interna. Enquanto o gengibre tem uma colora??o amarelo-clara, a c?rcuma ? de um alaranjado profundo.


A c?rcuma ou a?afr?o tem um sabor caracteristicamente picante e amargo e uma fragr?ncia suave que lembra laranja e gengibre.

?

?

O rizoma ou raiz da c?rcuma ? muito utilizado como anti-inflamat?rio tanto na medicina chinesa quanto indiana e, por causa de sua cor amarelo alaranjada, tem tamb?m sido utilizada ao longo da hist?ria como condimento, corante t?xtil e rem?dio.

A raiz pode ser consumida fresca ou na forma de extrato. Para se preparar o extrato, os rizomas do a?afr?o s?o fervidos e, em seguida, secos em forno quente. Ap?s isso, s?o mo?dos e obt?m-se o p? que ? comumente usado como tempero culin?rio, para tingimento de fibras t?xteis e corante de alimentos, ou como medicamento.

A c?rcuma ? um?poderoso anti-inflamat?rio?muito efetivo para o tratamento de doen?as inflamat?rias como artrites, tendinites e machucados em geral. A planta tamb?m ? um excelente purificador do sangue efetivo tamb?m no?controle do colesterol. Os chineses a usam nos seus tratamentos medicinais h? mais de quatro mil anos e seu consumo ? bastante seguro.?

A Curcumina

O principal ingrediente ativo do a?afr?o ? a curcumina. Ela ? um pigmento fen?lico que tem um sabor ligeiramente amargo e picante e um cheiro bastante caracter?stico que lembra a mostarda.

? a curcumina que d? ao a?afr?o a propriedade anti-inflamat?ria e seu car?ter preventivo em rela??o ao c?ncer.

Embora ainda estejam sendo feitos estudos a respeito dos efeitos da curcumina sobre o c?ncer, nota-se que em pa?ses como a ?ndia e o Sri Lanka, onde a c?rcuma ? consumida diariamente a incid?ncia de c?ncer de colo, ?tero, pr?stata e pulm?es ? muito mais baixa do que nos pa?ses que n?o t?m o h?bito de consumi-la.

Benef?cios da curcumina ? A melhor forma de se obt?-los e como toma-la

O a?afr?o pode ser facilmente adicionado ? dieta. Seja na forma de p? (depois de cozido, seco e ralado), ralado cru como se faz com o gengibre, ou como suplemento na forma de c?psulas, extrato ou gotas.

A maioria dos estudos sobre o a?afr?o mostra que seus benef?cios ? sa?de ocorrem quando se consome uma dosagem superior a um grama por dia intercalado com as refei??es. No entanto, ? muito dif?cil chegar a este n?vel de consumo usando-o apenas como tempero dos alimentos.

Para obter seus efeitos completos, ? preciso tomar um extrato que contenha quantidades significativas de curcumina.

Para aumentar a absor??o de curcumina nos intestinos ? recomendado o consumo concomitante de pimenta do reino, gengibre ou azeite.

Pesquisas mostraram que o consumo di?rio de duas a tr?s gramas de c?rcuma por um per?odo de dois meses curou ?lceras estomacais em at? 75 por cento dos pacientes tratados.

Perfil Nutricional

A c?rcuma ? uma excelente fonte de ferro e mangan?s. ? tamb?m uma boa fonte de vitamina B6, fibras e pot?ssio. Veja todos os valores de refer?ncia na tabela a seguir:

Valores em porcentagem ideal para o consumo di?rio tendo como refer?ncia uma quantidade de duas colheres de ch? de c?rcuma ralada.

8 principais benef?cios da c?rcuma

A c?rcuma pode ser o suplemento nutricional mais eficaz existente. Muitos estudos de alta qualidade mostram que ela tem grandes benef?cios para o corpo e c?rebro. Veja os 10 principais benef?cios para a sa?de atribu?dos a ela.

1- A curcumina ? um composto anti-inflamat?rio natural

A curcumina ? um potente anti-inflamat?rio e, ao contr?rio da maior parte dos medicamentos usados para tratar inflama??es, a ingest?o do a?afr?o n?o provoca ?lceras ou leva ao risco de hemorragias internas. Pelo contr?rio, ela ajuda a proteger os ?rg?os do sistema digestivo.

A curcumina age em v?rios est?gios do processo inflamat?rio, mas sua efic?cia est? no fato de se tratar de uma subst?ncia bioativa, que combate a inflama??o em n?vel molecular. Estudos j? mostraram que a curcumina pode ser comparada com os f?rmacos tradicionais usados como anti-inflamat?rios, por?m, sem os efeitos colaterais que os medicamentos provocam.

A revista americana?Oncogene?publicou os resultados de um estudo comparativo entre v?rios compostos anti-inflamat?rios e descobriu que a aspirina e o ibuprofeno s?o menos eficazes que a curcumina, o que a coloca entre os compostos anti-inflamat?rios mais eficazes do mundo.

Algumas pesquisas mostram que a curcumina pode aliviar os sintomas de uve?te ? inflama??o intraocular. Outra pesquisa mostrou que tomar a?afr?o diariamente durante v?rios meses pode melhorar a fun??o dos rins em pacientes com inflama??o nestes ?rg?os.

Pesquisadores ainda ressaltam que algumas doen?as fatais como c?ncer, colite ulcerosa, artrite, n?veis elevados de colesterol e dor cr?nica podem ser resultado de inflama??es.

2- C?rcuma aumenta drasticamente a capacidade antioxidante do organismo

Acredita-se que a oxida??o das c?lulas e tecidos ? um dos mecanismos que leva ao envelhecimento e ao desenvolvimento de muitas doen?as. A oxida??o no organismo seria causada por radicais livres, mol?culas que tendem a reagir com subst?ncias org?nicas importantes, tais como ?cidos graxos e prote?nas.


3- A curcumina reduz o risco de doen?a card?aca

A curcumina ? um?potente antioxidante?da c?rcuma que pode neutralizar os radicais livres, devido ? sua estrutura qu?mica. Al?m isso, a curcumina tamb?m aumenta a atividade de enzimas antioxidantes pr?prias do corpo. Dessa forma, a curcumina age duplamente contra os radicais livres primeiro bloqueando-os diretamente e, em seguida, estimulando os mecanismos antioxidantes do pr?prio organismo.

As doen?as card?acas s?o atualmente a maior causa de mortes no mundo. Estudos sugerem que a curcumina pode ajudar a prevenir o ac?mulo de placas que podem obstruir as art?rias e levar a ataques card?acos e derrames. Ela funciona porque seu princ?pio ativo pode ser capaz de impedir a oxida??o do colesterol no organismo. Sabe-se que o colesterol oxidado ? o que danifica os vasos sangu?neos e acumula-se levando a ataques card?acos e acidentes vasculares no c?rebro.

Al?m disso, a c?rcuma ? uma boa fonte de vitamina B6, necess?ria para manter os n?veis de um amino?cido chamado homociste?na. Altos n?veis de homociste?na s?o considerados um fator de risco significativo para danos nos vasos sangu?neos, aterosclerose e doen?as card?acas. J? uma ingest?o elevada de vitamina B6 est? associada com um risco reduzido de doen?as do cora??o.

4-?Diminui os n?veis de colesterol no organismo

Pesquisas revelam que as mol?culas de curcumina funcionam como mensageiras que se comunicam com genes das c?lulas do f?gado, direcionando-as para aumentar a produ??o de prote?nas que criam receptores para o LDL (mau colesterol). Com mais receptores de LDL, as c?lulas do f?gado s?o capazes de eliminar uma maior quantidade de colesterol do organismo do que naturalmente faria.

5- A curcumina melhora a fun??o cerebral e diminui o risco de mal de Alzheimer

Os neur?nios s?o c?lulas capazes de se dividir, se multiplicar e formar novas liga??es ao longo de toda a nossa vida. Um dos principais fatores deste processo ? fator neurotr?fico (ou BDNF ??Brain-Derived Neurotrophic Factor), um tipo de horm?nio de crescimento que funciona no c?rebro. Muitos dist?rbios cerebrais comuns t?m sido associados ? diminui??o dos n?veis deste horm?nio. Isto inclui a depress?o e a doen?a de Alzheimer.

Curiosamente, a curcumina pode aumentar os n?veis cerebrais de BDNF e com isso, retardar ou at? mesmo reverter a diminui??o de fun??es cerebrais relacionadas ? idade e prevenir doen?as cerebrais.

Um n?mero grande de estudos tem sugerido que a curcumina tamb?m protege contra a doen?a de Alzheimer diretamente. Ela age acionando um gene respons?vel pela produ??o de prote?nas antioxidantes no c?rebro. Um estudo publicado no Jornal italiano de Bioqu?mica em 2003 detalhou o papel da curcumina na indu??o de um sistema de prote??o de tecido cerebral. De acordo com esta pesquisa, quando tal sistema ? acionado ele induz a produ??o de um potente antioxidante, que protege o c?rebro contra les?es oxidativas causadas por radicais livres. A oxida??o ? tida como um fator importante no envelhecimento e respons?vel por doen?as neurodegenerativas incluindo dem?ncias como a doen?a de Alzheimer.

6- C?rcuma pode ajudar a prevenir e at? mesmo tratar alguns tipos de c?ncer

O c?ncer ? uma doen?a caracterizada pelo crescimento descontrolado de grupos de c?lulas no organismo. Pesquisadores afirmam que a ingest?o de c?rcuma pode interferir bloqueando o crescimento, o desenvolvimento e a propaga??o do c?ncer em n?vel molecular nas c?lulas.

Acredita-se que as fun??es antioxidantes da curcumina agiriam protegendo as c?lulas do c?lon, da pr?stata, da mama, da pele, entre outros ?rg?os, dos radicais livres que podem danificar o DNA celular. No caso destes ?rg?os, a renova??o celular ? bastante r?pida, o que os torna mais sens?veis ? ocorr?ncia de c?ncer. Isto se explica porque h? uma replica??o celular frequente e com isso a possibilidade de muta??es no DNA tamb?m aumenta e pode resultar na forma??o de c?lulas cancerosas.

Um estudo americano de 2007 combinou a curcumina com a quimioterapia para o tratamento de c?ncer de intestino em c?lulas de um laborat?rio. Os resultados mostraram que o tratamento combinado matou mais c?lulas cancerosas do que a quimioterapia sozinha.

A curcumina tamb?m ajuda o corpo a destruir as c?lulas cancerosas que j? sofreram muta??o evitando que se espalhem atrav?s do corpo na forma de met?stase. Esta a??o se d? atrav?s do refor?o da fun??o hep?tica e da inibi??o da s?ntese de uma prote?na que colabora na forma??o de tumores fornecendo sangue adicional necess?rio para o crescimento das c?lulas destes.

Novos estudos ainda est?o sendo desenvolvidos para provar que doses elevadas de curcumina podem ajudar a tratar o c?ncer em seres humanos, no entanto, h? evid?ncias de que sua ingest?o pode ajudar a prevenir a ocorr?ncia do c?ncer especialmente do sistema digestivo. Num estudo com 44 homens com les?es no c?lon que, por vezes, se tornam cancerosas, foram dadas quatro gramas de curcumina por dia, durante 30 dias. Observou-se uma redu??o de 40% do n?mero de les?es nos pacientes.

7- Pacientes com artrite respondem muito bem ? suplementa??o com curcumina

A artrite ? um problema comum nos pa?ses ocidentais. Existem v?rios tipos diferentes, mas a maioria envolve algum tipo de inflama??o nas articula??es. Dado que a curcumina ? um potente anti-inflamat?rio e age tamb?m contra a dor, ela poderia ajudar no tratamento contra a artrite.

Tamb?m pela sua a??o antioxidante, a curcumina ? capaz de neutralizar os radicais livres, subst?ncias qu?micas que podem viajar atrav?s do corpo e causar grandes danos ?s c?lulas saud?veis e suas membranas celulares. Isto ? importante em doen?as como a artrite, onde os radicais livres s?o respons?veis pela inflama??o das articula??es que geralmente causa dor e danos em sua estrutura. Por este motivo, pessoas com doen?as nas articula??es encontrar al?vio quando usam o tempero regularmente.

Em um estudo recente entre pacientes com artrite reumatoide, compararam a curcumina com fenilbutazona e perceberam que as pessoas que receberam curcumina tiveram melhorias mais significativas em rela??o ? rigidez matinal e a capacidade de caminhar, al?m de diminui??o do incha?o das articula??es.

8- Age na preven??o ao diabetes

Estudos preliminares sugerem que tomar a?afr?o diariamente pode ser essencial para a redu??o de a??car no sangue e para reverter a resist?ncia ? insulina.

Em 2009, a revista?Biochemistry and Biophysical Research Communications, especializadas em pesquisas biol?gicas, publicou um estudo sobre como a suplementa??o com c?rcuma pode ajudar a inverter o diabetes.

O estudo descobriu que a curcumina no a?afr?o ? literalmente 400 vezes mais potente do que a metformina, uma droga usada comumente para melhorar a sensibilidade ? insulina e ajudar a reverter o diabetes tipo dois.

Al?m de prevenir as causas da diabetes, a curcumina tamb?m tem provado ajudar a reverter muitas das quest?es relacionadas com a resist?ncia ? insulina e a hiperglicemia. Um exemplo a ser citado ? o caso da retinopatia (doen?a da retina), uma das complica??es mais comuns do diabetes onde vasos sangu?neos danificados causam cegueira. Um estudo descobriu que a suplementa??o com curcumina pode retardar essa complica??o horr?vel do diabetes por causa de suas propriedades anti-inflamat?rias e antioxidantes.

Como tomar? Ideias para servir a c?rcuma no dia a dia

? Adicione c?rcuma ao ovo cozido da salada para dar-lhe uma cor amarela mais apetitosa;

? Misture o arroz integral com passas e castanha de caju e tempere com a?afr?o, cominho e coentro;

? Adicione a especiaria diretamente ? couve-flor cozida no vapor, ou ainda fa?a um molho cremoso para acompanha-la adicionando a?afr?o e cebola seca a um pouco maionese, sal e pimenta.

? C?rcuma ? um ?timo tempero para incrementar as receitas que levam lentilhas.

? D? aos molhos para salada um tom amarelo-alaranjado, adicionando um pouco de p? de a?afr?o a eles.

Efeitos colaterais da c?rcuma e seguran?a do consumo

C?rcuma n?o ? um alimento que comumente cause alergias e n?o ? conhecido por conter quantidades mensur?veis de purinas ou oxalatos, no entanto algumas pessoas relataram rea??es al?rgicas ? c?rcuma, especialmente ap?s a exposi??o da pele ao sol. Nestes casos foram relatadas suaves erup??es cut?neas acompanhadas de coceira.

H? registros de rea??es adversas em pessoas que consumiram doses elevadas de a?afr?o. Nestes casos foram observadas as seguintes rea??es:

  • N?usea
  • Diarreia
  • Retardo na coagula??o do sangue
  • Fun??o hep?tica aumentada
  • Contra??es da ves?cula biliar
  • Hipotens?o (press?o arterial baixa)
  • Contra??es uterinas em mulheres gr?vidas
  • Aumento do fluxo menstrual
  • Diminui??o dr?stica do n?vel glic?mico em diab?ticos
  • Dores no est?mago
  • Diminui??o na absor??o de ferro

Pessoas que tomam certos medicamentos tamb?m devem ter cuidado ao ingerir c?rcuma ou usar suplementos que a contenham. Seu princ?pio ativo pode interferir na a??o de anticoagulantes como a aspirina e na absor??o de medicamentos n?o esteroides, anti-inflamat?rios e outros suplementos que estejam sendo tomados.


Leia mais http://www.mundoboaforma.com.br/curcuma-o-que-e-beneficios-efeitos-colaterais-e-como-tomar/#M23jDuXgJCUAw7qo.99

Compartilhar: